CRIAÇÃO E MANEJO DE PAPAGAIOS

R$13,80

  • Descrição

    Excelente apostila em formato PDF, abordando tudo que você deve saber para a criação e manejo de papagaios.

    Material abordando:

    • Taxonomia e morfologia
    • Espécies mais comuns para cativeiro
    • Espécies ameaçadas de extinção
    • Identificação de sexo e idade
    • Vocalização dos animais
    • Hábitos
    • Alimentação na natureza e em cativeiro
    • Gaiolas e viveiros
    • Comedouros e bebedouros
    • Objetos para divertimento (brinquedos)
    • Banhos
    • Corte de penas
    • Corte de unhas
    • Aparação do bico
    • Higiene
    • Saúde
    • Zoonoses
    • Problemas comportamentais dos papagaios
    • Desordens nutricionais
    • Problemas veterinários
    • Intoxicações
    • Domesticação
    • Reprodução
    • Atenção dos proprietários
    • Forma para adquirir um papagaio legalmente
    • Legislação

    São 60 páginas em formato PDF, enviadas após a confirmação do pagamento bancário.

    Forma de envio: DOWNLOAD

    ……………………………………………………………………………………………………………………………

    Você sabia?

    Papagaio: características básicas
    Todos nós conhecemos o papagaio, este simpático pássaro verde com fama de falador. Sua popularidade é tanta que ele já chegou a ser escolhido símbolo do Brasil, com o imortal Zé Carioca! Mas, desenhos animados à parte, conheça a fundo as características do papagaio!

    Nome

    Papagaio é o nome genérico de diferentes tipos de pássaros do gênero Amazona. Ao todo, são mais de 30 espécies, das quais 12 ocorrem no Brasil. O mais comum deles é o chamado “Papagaio Verdadeiro”, mas é possível encontrar outras espécies domésticas, como o “Papagaio do Mangue” e o “Papagaio Moleiro”. As diferenças entre eles são poucas, mas todos se destacam pela beleza e graciosidade!

    Características físicas

    As diferentes espécies de papagaio guardam algumas características comuns. São pássaros médios, atingindo entre 30cm e 40cm. A cor predominante é o verde, e, geralmente, apresentam manchas amarelas, laranjas e azuis, que o deixam com um charme irresistível.

    Expectativa de vida

    Muita gente não sabe, mas a expectativa de vida do papagaio é grande e pode chegar a mais de 60 anos! Em cativeiro, com uma dieta balanceada, vivem em média 20 anos, sempre com seu característico bom humor.

    Alimentação

    Na natureza, os papagaios, assim como a maior parte das aves, têm uma alimentação para lá de variada, se alimentando de frutas, sementes e até de pequenos insetos. Em cativeiro, é muito comum tutores proporcionarem uma alimentação á base de mix de sementes, mas isso não é recomendado!

    Além de não oferecer todos os nutrientes necessários, o mix de sementes ainda permite que o papagaio escolha seus alimentos favoritos — geralmente os mais gordurosos — o que contribui ainda mais para deficiências nutricionais e problemas como obesidade.
    O melhor, portanto, é oferecer os chamados alimentos extrusados, que são rações balanceadas e estão disponíveis em versões desenvolvidas especificamente para atender às necessidades dos papagaios.

    Como saber o sexo

    Determinar se um papagaio é macho ou fêmea é uma tarefa difícil. Papagaios não apresentam diferenças marcantes entre os sexos, e os órgãos reprodutores são internos, complicando ainda mais para o tutor decidir o nome de seu pet.
    Para se ter certeza, só mesmo levando a um veterinário, que poderá verificar características mais sutis. No entanto, há algumas dicas para se tentar adivinhar: os machos geralmente são maiores que as fêmeas. Já elas, costumam ser mais agressivas e menos dóceis.

    Reprodução

    Outro ponto interessante nos papagaios é que eles são monogâmicos e muito carinhosos! Geralmente, atingem maturidade sexual entre dois e três anos. Então, o macho corteja a fêmea escolhida para a reprodução. Geralmente, botam três ou mais ovos, que eclodem em aproximadamente um mês.
    Após 60 dias, os filhotes deixam o ninho e passam a explorar o mundo. Muito amorosos e fiéis, se um papagaio perde seu parceiro, dificilmente escolhe outro, vivendo sozinho até o fim de sua vida!

  • Avaliações (0)
    Adicionar Comentário