CURSO BÁSICO DE RECARGA DE MUNIÇÕES

R$18,95

  • Descrição

    CURSO BÁSICO DE RECARGA DE MUNIÇÕES

    Excelente material para quem deseja aprender a recarregar munições.

    Curso muito bem elaborado e fartamente ilustrado, contendo informações técnicas e precisas sobre recargas.

    Aprenda como recarregar munições de calibres 32, 38, 357 magnum, 44 winchester, 6.35, 7.65, 380, 9mm, .40 ou 45 ACP.

    O arquivo em formato PDF (120 páginas) aborda desde os equipamentos e materiais utilizados bem como,  a própria recarga (com fotos).

    Também aborda dicas de segurança, tabelas (de pólvora e projéteis), perguntas frequentes, normas para aquisição de produtos, legislação sobre armas, etc.

    Com a recarga de munições, você poderá ter uma economia de 70 a 80% em relação ao custo de uma munição vendida em lojas especializadas.

    Material enviado logo após a confirmação do pagamento bancário.

    Forma de envio: DOWNLOAD
    ………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..
    Sobre a Munição

    Munição é o projétil a ser disparado de uma arma de fogo. Cartucho é o
    conjunto do projétil e os componentes necessários para lançá-lo, no disparo.

    O cartucho para arma de defesa contém um tubo oco, geralmente de
    metal, com um propelente no seu interior; em sua parte aberta fica preso o
    projétil e na sua base encontra-se o elemento de iniciação. Este tubo, chamado
    estojo, além de unir mecanicamente as outras partes do cartucho, tem formato
    externo apropriado para que a arma possa realizar suas diversas operações,
    como carregamento e disparo.

    O projétil é uma massa, em geral de liga de chumbo, que é arremessada
    à frente quando da detonação da espoleta e consequente queima do
    propelente. É a única parte do cartucho que passa pelo cano da arma e atinge
    o alvo.

    Para arremessar o projétil é necessária uma grande quantidade de
    energia, que é obtida pelo propelente, durante sua queima. O propelente
    utilizado nos cartuchos é a pólvora, que, ao queimar, produz um grande volume
    de gases, gerando um aumento de pressão no interior do estojo, suficiente
    para expelir o projétil.

    Como a pólvora é relativamente estável, isto é, sua queima só ocorre
    quando sujeita a certa quantidade de calor; o cartucho dispõe de um elemento
    iniciador, que é sensível ao atrito e gera energia suficiente para dar início à
    queima do propelente. O elemento iniciador geralmente está contido dentro da
    espoleta.

    Um cartucho completo é composto de:

     Projétil
     Estojo
     Propelente
     Espoleta

    Conheça nosso Blog sobre armas de fogo e munições clicando aqui.

  • Avaliações (0)
    Adicionar Comentário