PROJETANDO PISCINAS

R$13,80

  • Descrição

    PROJETANDO PISCINAS

    Super apostila em formato PDF, bem elaborada e fartamente ilustrada, apresentando em 58 páginas tudo, exatamente tudo que você deve saber antes de construir piscinas.

    Enviada após a confirmação do pagamento bancário.

    Forma de envio: DOWNLOAD

    ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

    Sobre piscinas

    Uma piscina (do latim piscina, derivado de piscis “peixe”) é um tanque de água próprio para natação, mergulhos, saltos ornamentais e outras práticas desportivas, como polo aquático e hidroginástica, tratamento de doenças e reabilitação física, ou simplesmente para recreação. Geralmente é equipada com uma estação de tratamento de água própria para piscinas, como bomba de água para o bombeamento de água da mesma.

    Doenças

    Existem diversos problemas de saúde associados ao uso de piscinas, que aparecem quando o tratamento da água não é feito de maneira adequada, os mais comuns são: pé de atleta, dermatites, micoses, conjuntivites, hepatite e inflamações nos ouvidos, nariz e olhos. Historicamente, as piscinas e banhos públicos foram grandes responsáveis pela contaminação de grande parte da população das grandes cidades da Roma Antiga com altos níveis de chumbo, proveniente da encanação dessa época. De acordo com a teoria de que o envenenamento por chumbo esteve intimamente ligado com a queda do império romano, as piscinas seriam uma das principais causas desse evento, contribuindo significativamente para que a população em geral se contaminasse com o metal pesado.

    Parâmetros de controle da água

    – Alcalinidade: a alcalinidade ideal é de 80 a 120 mg de CaCO3 por litro. Se for maior que 150 mg causa incrustações.
    pH: o pH ideal deve estar entre 7,2 e 7,6. Se for menor que 7,2, é irritante aos olhos e à pele, ocorre uma demanda maior de cloro e favorece a corrosão. Se for maior que 7,6, confere uma maior turbidez a água e também aumenta o consumo de cloro.

    – Turbidez: é causada pela ausência ou uso ineficaz do filtro(recomenda-se que filtre a piscina o tempo indicado pelo fabricante do filtro, mas em geral filtra-se de 4 a 6 horas por dia), por um pH fora da faixa ideal, ou pelo uso errôneo de produtos químicos.

    – Temperatura: é indicada a temperatura de 24°C para adultos e 26°C para crianças de até 5 anos. Acima de 29°C causa desconforto e favorece o crescimento microbiano.

    – Controle bacteriológico: contagem geral de bactérias e de coliformes.

  • Avaliações (0)
    Adicionar Comentário